Cálculo Trabalhista, clique aqui.

Advocacia Zibordi & Associados, presta Consultoria e Assessoria para Pessoas Físicas e Jurídicas, nossos advogados estão preparados para atender empresas de pequeno e médio porte desde a contratação até a homologação de rescisão junto à Sindicatos, Delegacias Regionais do Trabalho ou Ministério do Trabalho.
Conheça abaixo alguns serviços prestados por nosso escritório de Advocacia:

Especialidades

ADVOCACIA TRABALHISTA PATRONAL
Advocacia Trabalhista Patronal nas Áreas Consultiva, Preventiva, Contenciosa e em Negociações Sindicais (Acordos Coletivos, Greves, Mesas-Redondas na DRT, e Defesas na Esfera Administrativa contra Autos de Infração Lavrados pela Fiscalização do Trabalho ), Elaboração e Impugnação Fundamentada de Cálculos Judiciais Trabalhistas para Advogados e Empresas, com Destaque para as Bases de Cálculo do INSS e Imposto de Renda.

ELABORAÇÃO DE CONTRATOS
Elaboração de Contratos, Estamos Aptos para Desenvolver Contratos de Prestação de Serviços e Contrato de Trabalho, Seja de Experiência, com Prazo Determinado ou Indeterminado, Visando Resguardar os Interesses dos Empregadores.

ACIDENTE DO TRABALHO
Acidente do Trabalho, Estamos Capacitados para Assessorar Empresas Administrativamente, Acompanhar Eventuais Acidentes do Trabalho, desde a Comunicação do Acidente (CAT) até o Processo Administrativo Junto ao INSS.

DEFESAS EM JUÍZO
Defesa em Juízo, Estamos Capacitados para Defender os Interesses dos Clientes em Juízo, Apresentando Defesas, Impugnações, Laudos Periciais, Efetuando Acompanhamento Processual em Todas as Instâncias.

PROTEÇÃO PATRIMONIAL
Proteção Patrimonial, Estamos Capacitados para Defender os Interesses dos Nossos Clientes Protegendo seus Bens em Processos Trabalhistas , com Apresentação de Embargos à Execução ou Arrematação.

DEFESAS ADMINISTRATIVAS
Defesas Administrativas, Estamos Capacitados para Defender os Interesses de Nossos Clientes Administrativamente, em Sindicatos, Processos Administrativos, Junto à Delegacia Regional do Trabalho, ou Ministério Público do Trabalho.

ASSESSORIA EMPRESARIAL
Assessoria Empresarial, Estamos Capacitados para Defender os Interesses dos Nossos Clientes na Aquisição de Bens Imóveis, Participações Societárias e Maquinários visando Diminuir a Responsabilidade dos Adquirentes.

Cálculos para liquidação de sentenças trabalhistas
• Elaboração e impugnação de cálculos judiciais trabalhistas para advogados e empresas em geral;
• Manifestação e impugnação de laudo pericial contábil;
• Liquidação dos pedidos para as ações trabalhistas pelo rito sumaríssimo;
• Levantamento de passivo judicial trabalhista para empresas;
• Relatórios detalhados de verbas que compõem o cálculo (verbas rescisórias, horas extras, adicional de periculosidade ou insalubridade, equiparação salarial, vale transporte, seguro desemprego, salário família, adicional noturno, FGTS, etc.);
• Apuração diária dos cartões de ponto, inclusive em regimes de escala 6x1, 5x1, 4x1, 12x36, etc.


Fazemos Cálculos para liquidação de Sentença Trabalhista, Cobramos Conforme á Complexidade do Cálculo.

 
 
Reclamações trabalhistas para funcionários
 
Advocacia Trabalhista é a mais ideológica das Advocacias, por isso hoje em nosso escritório temos advogados altamente qualificados com o intuito de defender os direitos dos nossos clientes até a última instância.

Nossos profissionais atuam de maneira decisiva na propositura e acompanhamento de ações trabalhistas, adotando procedimentos segmentados específicos - - elaboração de petição inicial; instrução processual; área recursal; setor de execução de sentença e sustentação oral nos tribunais - - para assegurar a eficiência e a agilidade que caracterizam os serviços prestados pela Advocacia Zibordi.

Reivindicamos possíveis irregularidades em contratos de trabalho, rescisões, férias, horas extraordinárias, equiparação e reenquadramento salarial, plano de carreira, justa causa, reintegração, danos morais, LER (lesões por esforços repetitivos), assédio moral, homologação do contrato de trabalho, entre outros.

Fornecemos aos clientes no seu dia a dia assessoria preventiva, consultiva e contenciosa no âmbito administrativo e judicial, para dirimir dissídios coletivos e individuais oriundos das relações de emprego.

Ainda, o escritório é especializado em cálculos de liquidação de sentença, impugnações, conferências de laudos periciais e demais serviços relacionados com o Processo do Trabalho.

Algumas perguntas e respostas sobre as relações trabalhistas:

1) Quanto tempo o funcionário tem que estar trabalhando na empresa para ser registrado?

Resposta: O Registro na carteira profissional e obrigatória a partir do primeiro dia de trabalho tendo o empregador o prazo máximo de 48 horas para faze-lo.


2) A partir de quanto tempo de casa o funcionário passa a ter direito aos benefícios como: férias, aviso – prévio, 13º salário e FGTS?

Resposta: As verbas decorrentes do contrato de trabalho são devidas pelo empregador desde o 1º dia do início do contrato, porém algumas delas tem alguns prazos e requisitos.

Por exemplo: As férias são adquiridas a partir de 12 meses de serviço, porém só se tornam exigíveis após 23 meses. O 13º salário só é exigível no final do ano e caso o empregado não tenha trabalhado os 12 meses do ano é devido na forma proporcional, ou seja, pega-se o salário e divide pelos meses efetivamente trabalhados; o FGTS é devido todo o mês pelo empregador, porém o empregado só recebe o benefício se for dispensado sem justa causa; o aviso prévio também só é devido no caso de dispensa sem junta causa.


3) Quais os direitos perdidos no caso de pedido de demissão?

Resposta: No caso de pedido de demissão não são direitos perdidos mais sim direitos não adquiridos em virtude da opção do empregado de rescindir seu contrato de trabalho por conta própria.

O que ocorre nos casos de pedido de demissão é que o funcionário não tem direito as verbas que foram criadas pela legislação como forma de coibir o abuso do empregador de dispensar o empregado sem motivo. Por exemplo, se o empregador manda o funcionário embora ele tem que pagar o aviso-prévio, que é a remuneração de trinta dias do empregado, ou então tem que avisa-lo com antecedência de trinta dias gerando nesse período prerrogativas ao funcionário e também tem que pagar uma multa correspondente a 40% do saldo total depositado no FGTS do funcionário, já no caso de pedido de demissão o funcionário é obrigado a avisar o empregador com antecedência mínima de 30 dias ou o valor da remuneração é descontado do total das verbas rescisórias.

A multa sobre o FGTS não é devida e o funcionário também não pode sacar os valores que foram depositados na conta, todavia os valores continuam pertencendo ao funcionário. O governo não libera o recebimento do seguro desemprego. Já as demais verbas como férias e 13º salário são devidas na forma proporcionais de acordo com o período trabalhado.


4) Quanto tempo de casa o funcionário tem que ter para ter direito ao recebimento do Seguro desemprego?

Resposta: O período mínimo é de seis meses desde que não tenha recebido durante o período de 18 meses.









Obs: Os campos assinalados com (*), são de preencimento obrigatório

*Nome

*Telefone para contato

E-mail

*Trabalhou registrado sim não

*Data de admissão (exemplo: 00/00/1999)   | *Data de demissão (exemplo: 00/00/1999)

*Salário inicial  | *Salário final

*Recebeu férias? sim não  | Quais?

Quantos dias?   | Ficou em casa todo o período?

*Recebeu 13º? sim não

©Copyright 2008 Advocacia Zibordi - Todos os direitos reservados
design
by
Faça agora mesmo seu site!